artista comunicador




Virturealidade

categoria : Cairo Braga nov 18th, 2008

Como é bom crescer, não é mesmo?

Ontem eu me lembrei do meu primeiro blog, que eu fiz lá em 2001. Resolvi checar se ele ainda estava no ar. Ele está, ainda que com layout diferente do original devido às mudanças que ocorreram no Blogger desde então.

Eu mesmo tenho que admitir que o blog é uma pérola. Olhando hoje, com 18 anos de idade, vejo quanta merda eu escrevi naquele blog. Sim, eu era uma criança maluca que se achava um adulto. Agora, por que foi que eu fiz um blog aos 11 anos de idade?

Um dia meu pai chegou em casa me perguntando se eu sabia o que era blog. Eu disse que só tinha ouvido falar pela Internet afora que era uma espécie de diário virtual. Ele então me propôs que fossemos averiguar o que era. Fomos ao Google e digitamos “blog” na caixa de pesquisa. O primeiríssimo resultado que apareceu foi um blog que existe até hoje, o C:Blah Blah Blog, da mítica Flávia Durante. Eu adorei o que vi: a ferramenta, o formato, a liberdade. Tão logo a nossa conexão discada nos permitiu, estávamos eu e meu pai postando em nossos primeiros blogs.

Analisando o texto do meu blog, constato duas coisas de cara: 1. eu queria imitar o estilo do José Simão; 2. eu era um redator histérico. Levando tudo isso em conta, acho que posso agradecer por ter crescido (e aparecido) e me tornado uma pessoa melhor em vários aspectos, mas principalmente no que nos diz respeito aqui: como redator e blogueiro.

Depois que parei de postar neste meu primeiro blog, desencantei e retornei aos blogs por algumas outras vezes com enormes espaços de tempo. Até que, em 2007, voltei pra ficar com o Aisthésis in Kinésis, que se transformou no Distorção e Luz que deu lugar ao Pertence a Cairo Braga. Infelizmente, dos blogs entre o primeiro e a volta definitiva em 2007 eu não me recordo para poder conferir se eles ainda existem. Mas confesso que vou trabalhar pra recuperar essa parte da minha vida. (a little bit of drama here)

Depois da história, confiram a pérola do meu passado: Virturealidade

COMPARTILHE :

(4) comments

Cairo Braga
9 anos ago · Responder

Apesar de tudo, eu acho que o nome é bem legal. Modéstia à parte, eu sou bom em criar nomes pras coisas.

E o negócio de ser uma criança querendo ser adulto só para quando vc se torna um adulto querendo ser uma criança. E eu acho isso lindo.

Cairo Braga
9 anos ago · Responder

Apesar de tudo, eu acho que o nome é bem legal. Modéstia à parte, eu sou bom em criar nomes pras coisas.

E o negócio de ser uma criança querendo ser adulto só para quando vc se torna um adulto querendo ser uma criança. E eu acho isso lindo.

gustavo
9 anos ago · Responder

que história emocionante! eu ja me senti um redator histérico que joga prolixidades ao vento… hoje estou me contendo mais.
tb ja me senti uma criança querendo ser adulto e confesso que isso ainda vai durar um pouco mais…

gustavo
9 anos ago · Responder

que história emocionante! eu ja me senti um redator histérico que joga prolixidades ao vento… hoje estou me contendo mais.
tb ja me senti uma criança querendo ser adulto e confesso que isso ainda vai durar um pouco mais…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *